Artigos

Artigos

Saúde muscular na manutenção e na melhora da qualidade de vida. 04 de Outubro de 2016


A importância da saúde muscular

Saúde muscular na manutenção e na melhora da qualidade de vida.

Durante a vida, o indivíduo saudável, porém sedentário, perde aproximadamente 40% de massa muscular. Na prática, conseguimos observar esse fato quando, principalmente os idosos, começam a reclamar que estão emagrecendo, porém, provavelmente estão perdendo massa muscular, e não gordura, e esse episódio pode ser trágico. Explicaremos melhor: músculos saudáveis são estruturas que permitem a realização dos movimentos para as atividades do dia-a-dia de maneira segura e confortável. Quando há perda da massa muscular pelo sedentarismo e pela idade, essas atividades podem ficar prejudicadas, pois, a fraqueza muscular favorece: a dificuldade de locomoção e de transferências; o aumento no risco das quedas; a fraqueza dos ossos; a instabilidade articular com consequente sobrecargas e lesões articulares; o rompimento dos tendões; a diminuição da amplitude dos movimentos articulares; aumento na incidência de dor, e... DEPENDÊNCIA FUNCIONAL PARA AS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA, isso mesmo, a perda muscular com consequente fraqueza muscular é uma das principais causas de dependência funcional para atividades básicas como tomar banho, vestir-se, caminhar...

Preventiva e terapeuticamente, o exercício resistido, seja ele realizado com pesos livres, ou em aparelhos de musculação, ou em aparelhos em que molas geram resistência (técnica de pilates), é o principal exercício para ganho e manutenção da massa muscular, com consequente diminuição dos episódios relatados anteriormente, ou seja, promove melhora da qualidade de vida.

Importante ressaltar que antes de se iniciar qualquer atividade física, consulte sempre seu médico, ele poderá verificar sua condição de saúde e indicar o melhor exercício, seja ele preventivo ou terapêutico.

 

Dr. Leonardo S. Municelli

Médico Fisiatra